Termina hoje prazo para retirar barco que naufragou no Pará

02:54 Geral, Notícias 03/02/2016 - 11h07 Brasília Embed

Graziele Bezerra

Termina nesta quarta-feira (3) o prazo dado pela Capitania dos Portos da Amazônia Oriental para os proprietários do navio Haidar retirarem a embarcação encalhada no Porto de Vila do Conde, em Barcarena, no Pará.


O navio naufragou em outubro do ano passado, enquanto transportava 5 mil bois vivos. Os animais seriam levados para a Venezuela.


Quase quatro meses depois do acidente, o procurador da República Bruno Valente diz que as negociações com os envolvidos no caso avançaram pouco, principalmente com os donos da embarcação, que são de origem libanesa.


Em ações anteriores, a Justiça já havia cobrado a remoção da embarcação. Além da Minerva Foods, dona da carga, e da operadora portuária, Norte Trading, a Companhia Docas do Pará também é parte no processo que analisa o acidente ambiental de Barcarena.


O diretor-presidente da companhia, Tarsifal de Jesus, diz que o trabalho pode levar dois anos para ser concluído.


Tarsifal revela que poucas empresas no mundo estão habilitadas para o trabalho.


A Minerva Foods e a Norte Trading não responderam aos contatos da reportagem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique