agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Estudo mostra que menos de 1% do território concentra mais de 80% da população

00:00 Geral, Notícias 13/10/2017 - 19h36 Brasília Embed

Mariana Martins

Menos de 1% do território concentra mais de 80% da população brasileira. É o que mostra um estudo realizado pela Embrapa, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, que identificou, mapeou e quantificou as áreas urbanas do país.

 

De acordo com o estudo, das cinco unidades da federação com maior densidade demográfica, quatro ficam no Nordeste do país. Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Sergipe e Rio de Janeiro são as unidades mais densas.

 

Na outra ponta, com as menores densidades demográficas, estão, em sua maioria, estados do Norte. Tocantins, Mato Grosso, Santa Catarina, Roraima e Rondônia, são as unidades da federação com menor número de pessoas por metro quadrado.

 

O geógrafo do departamento de Gestão Territorial da Embrapa, André Farias, fala sobre a pesquisa.

 

Ainda de acordo com o especialista, os resultados têm inúmeras aplicações práticas, como subsidiar políticas públicas, estudos demográficos, projetos de desenvolvimento urbano e investimentos em infraestrutura e logística.

 

Um dos maiores desafios da equipe foi definir conceitualmente área urbana e área rural. Os métodos utilizados pela Embrapa são diferentes do IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que produz o senso brasileiro.

 

O IBGE utilizada a delimitação legal que cada município determina para estabelecer seu perímetro urbano e suas áreas rurais. Já o estudo da Embrapa utilizou o conceito estritamente físico, e que é possível de ser identificado por satélite. Logo, por utilizar métodos diferentes, os dados dos dois órgãos apresentam muitas diferenças.

 

Ainda de acordo com a Embrapa, o trabalho precisará de atualizações a cada década, uma vez que a dinâmica de ocupação do solo não costuma ser rápida e apresenta, proporcionalmente, pequenas alterações em relação ao tamanho do território nacional. Todas as informações geradas estão disponíveis para serem baixadas gratuitamente na internet.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique