agario unblocked agario

Assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes completa oito meses sem solução

03:17 Geral, Notícias 13/11/2018 - 17h27 Rio de Janeiro Embed

Tâmara Freire

O assassinato brutal da vereadora, Marielle Franco, e do motorista, Anderson Gomes, que ganhou projeção no Brasil e no mundo chega a oito meses sem ser desvendado. E além de não haver resposta, recentemente aumentaram-se as suspeitas.

 

Por determinação do ministro da Segurança Pública, Raul Jungman, a Polícia Federal passou a monitorar, a partir deste mês, as investigações feitas pelas autoridades estaduais por causa da suspeita de que agentes públicos estejam tentando evitar que os verdadeiros mandantes sejam descobertos.

 

Para a viúva de Marielle, Mônica Benício, isso só confirmou a necessidade de federalização do caso.


 
Um pedido de federalização também foi feito à Procuradoria Geral da República, há alguns dias, pela comissão externa da Câmara dos Deputados criada para acompanhar o caso.

 

Já o chefe da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Rivaldo Barbosa, reafirmou que nenhum esforço está sendo poupado para a elucidação do assassinato e que todas as técnicas e recursos disponíveis têm sido empregados na investigação.

 

De acordo com ele, o assassinato de Marielle e Anderson está próximo de ser solucionado.

 

Mas além de angustiar as famílias a demora preocupa organismos internacionais.

 

A Comissão Interamericana de Direitos Humanos que fez uma incursão recente ao Brasil para verificar a situação dos direitos humanos no país  dedicou especial atenção ao caso Marielle.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique