agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Viva Maria: Refugiada compartilha histórias de maus-tratos vividas em seu país por ser homossexual

07:13 Geral, Programetes 29/11/2018 - 09h37 Brasília Embed

Apresentação Mara Régia

“Refugiados têm uma bagagem a mais!” A frase é de Lara Lopes, 34 anos, uma das refugiadas africanas que escolheu o Brasil para ficar livre da perseguição vivida em Moçambique por ser homossexual.

 

Emocionada, ela compartilhou histórias de maus-tratos e humilhações com as pessoas que participaram ontem (28), na Casa da ONU, em Brasília, do lançamento de uma plataforma sobre refúgio devido à orientação sexual e identidade de gênero.

 

A iniciativa é do Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, e da Agência das Nações Unidas para Refugiados (Acnur).

 

O Brasil é o quarto país do mundo, depois da Inglaterra, Bélgica e Noruega, a fazer levantamento específico sobre as solicitações da condição de refugiado considerando os motivos associados à população LGBTI. Os números estão disponíveis em uma plataforma on-line e serão atualizados anualmente.

 

Após a cerimônia, houve uma roda de conversa com especialistas, sobre o tema, onde Lara Lopes teve oportunidade de contar novamente parte de sua história.

 

Vamos ouvi-la!

 

 

Viva Maria: Programete que aborda assuntos ligados aos direitos das mulheres e outros aspectos da questão de gênero. É publicado de segunda a sexta-feira. Acesse aqui as edições anteriores.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique