Fogo consumiu mais de 11 mil hectares da Chapada dos Guimarães, mas está sob controle

02:29 Geral, Notícias 04/09/2019 - 17h34 Brasília Embed

Renata Martins

O fogo na Chapada dos Guimarães está sob controle, afirma Corpo de Bombeiros de Mato Grosso. Área equivalente a mais de 11 mil campos de futebol foi atingida com queimadas desde agosto.


Com mais de 250 mil hectares, a Área de Proteção Ambiental da Chapada dos Guimarães, na região de Cuiabá, tem sofrido com as queimadas.

 

O último incêndio começou esse fim de semana. De acordo com o comandante do Batalhão de Emergências Ambientais de Mato Grosso, Tenente-coronel Dércio Santos, a situação está controlada.

 

“Nós temos hoje, lá, equipes do Corpo de Bombeiros e do ICMBio trabalhando efetivamente. A parte de maior extensão [da queimada] foi controlada. Existem ainda focos de incêndio, mas está sendo combatido. Podemos afirmar que, nesse momento, a Chapada dos Guimarães está com situação controlada. Dentro do Parque Nacional, pelas imagens de satélite, não tem fogo. Tem nos arredores”.

 

As causas do incêndio ainda estão sendo investigadas, mas o militar destaca que a ação humana é a maior responsável.

 

“Alguns produtores rurais sabem do prejuízo que o fogo trás. Outros já preferem fazer a limpeza do terreno. Não estou dizendo que foi produtor rural, porque também são áreas de visitação, ainda vamos investigar as causas. Mas é sabido que em mais de 98% dos casos de incêndio em Mato Grosso, a causa é humana”.

 

Quatro grandes ocorrências foram registradas em menos de 30 dias.

 

A preocupação aumentou por que o estado tem o clima como potencializador do fogo. Não chove na capital Cuiabá há mais de 110 dias. As temperaturas chegam a quase 40 graus, e a umidade relativa do ar nesta quarta-feira chegou a apenas 12%. O clima seco aumenta os riscos de incêndios florestais.

 

A estimativa do Corpo de Bombeiros é que 8 mil hectares de área estadual e mais de 3 mil hectares do Parque Nacional, que é área federal, já foram atingidos esse ano pelas queimadas.

 

Procuramos o Ministério do Meio Ambiente e o ICMbio para falar sobre a situação no Parque Nacional da Chapada dos Guimarães, mas não tivemos retorno até o fechamento dessa reportagem.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique