agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Doença ainda sem tratamento infecta mais de 150 pessoas em Aracaju

01:45 Geral, Notícias 01/10/2019 - 12h58 São Paulo Embed

Nelson Lin

Mais de 150 pessoas na capital Aracaju, no estado de Sergipe, foram infectadas por uma doença semelhante à Leishmaniose visceral, porém mais grave e ainda sem tratamento eficaz. Duas delas morreram.

 

De acordo com o médico Roque Pacheco de Almeida, professor do Departamento de Medicina da Universidade Federal de Sergipe (UFS), a doença é registrada desde 2011, quando ele diagnosticou e tratou o primeiro caso. O paciente faleceu em 2012 em função de uma complicação da leishmaniose visceral e da nova doença.

 

O especialista enviou amostras do tecido do paciente ao professor João Santana da Silva, especialista em imunologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. Lá, fizeram o sequenciamento do DNA do novo parasita, que foi comparado ao de outros.

 

Com o DNA, descobriram que o novo parasita se assemelha ao Crithidia fasciculata, que infecta apenas insetos e que é incapaz de infectar mamíferos. No entanto, essa nova espécie de parasita foi capaz de infectar humanos de forma grave.

 

Como se trata de uma nova doença, Roque Pacheco informou que ainda não há tratamento eficiente contra o parasita e que, por enquanto, tem usado o mesmo efetuados nos casos de Leishmaniose visceral. O médico lembra que há formas de evitar a proliferação das duas doenças.

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima que a cada ano de 50 a 90 mil pessoas são infectadas por Leishmaniose visceral no mundo. No Brasil, o Ministério da Saúde registrou 4.103 casos, em 2017, grande parte deles na Região Nordeste.

 

No mesmo ano, 327 pessoas morreram por causa da doença.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique