Mortes violentas no RJ têm menor número em 20 anos, mas letalidade policial é a maior desde 1998

01:53 Geral, Notícias 17/12/2019 - 20h53 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

Em 2019, o estado do Rio registrou mil vítimas de mortes violentas a menos do que no ano passado, quando houve 4.816 casos. A queda foi de 21% no período de janeiro a novembro na comparação com igual período de 2018, de acordo com balanço do ISP, Instituto de Segurança Pública, divulgado nesta terça-feira.


Foi o menor número para o período nos últimos 20 anos. O indicador inclui homicídio doloso, roubo seguido de morte e lesão corporal seguida de morte.


As mortes por intervenção policial, no entanto, atingiram o maior valor desde o início da série histórica, em 1998. Foram 1.686 mortes de janeiro a novembro, contra 1.446 no mesmo período do ano passado. Segundo o ISP, os dados vêm apresentando queda sequencial pelo quarto mês seguido.


O ISP também divulgou outros dados da violência no estado em novembro. Os roubos de rua caíram 20% em relação ao mesmo mês de 2018. O roubo de veículo apresentou diminuição de 24% de janeiro a novembro deste ano.


O balanço divulgado também destaca o número de fuzis apreendidos pelas polícias Civil e Militar. Somente em novembro foram apreendidos 503 fuzis. Segundo o ISP, número superior ao de todo o ano de 2018, e o maior número dos últimos 12 anos.


Os dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública têm como base os Registros de Ocorrência das delegacias de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro durante o mês de novembro.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique