agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Rotas de caminhoneiros ficam sem local de apoio para alimentação

02:35 Geral, Notícias 26/03/2020 - 16h37 Brasília Embed

Lucas Pordeus Leon

O fechamento do comércio para conter a expansão do coronavírus tem impedido caminhoneiros de se alimentar nas estradas, o que pode comprometer o abastecimento de toda população. Apesar do fechamento de diversas atividades, alguns serviços são mantidos por serem essenciais à sociedade, como saúde, segurança,  imprensa, mercados e também, o transporte de cargas.

 

Mas, sem alimentos os caminhoneiros não podem trabalhar. Muitos profissionais do setor têm enviado mensagens ao programa Brasil Rural, da Rádio Nacional, relatando as dificuldades.

 

A CNTA, Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos, alerta que existem pontos nas rotas dos caminhoneiros sem comércio para alimentação, ou manutenção dos carros, como oficinas e borracharias.

 

O assessor executivo da CNTA, Marlon Maues, destaca que os governos federal e estaduais têm atuado no sentido de manter abertos os pontos de apoio, mas que alguns gestores municipais estão dificultando esse trabalho.

 

O representante da categoria conta ainda que os caminhoneiros têm recebido apoio de concessionárias de rodovias; da iniciativa privada e das próprias organizações de classe nos pontos mais críticos, garantindo assim a manutenção dos transportes.

 

A Confederação Nacional de Municípios informou que está trabalhando, junto com o Ministério da Infraestrutura, para lançar nesta quinta-feira um documento para orientar os prefeitos de todo o país. Já alguns estados, como o do Maranhão, publicou decreto para manter abertas oficinas, borracharias e restaurantes nas beiras das estradas.

 

No Congresso, um projeto do senador Paulo Paim, do PT gaúcho, foi apresentado também para facilitar a manutenção de pontos de apoio para os caminhoneiros durante a pandemia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique