Da produção de máscaras a doações, voluntários se unem contra a Covid-19

04:56 Geral, Notícias 03/04/2020 - 13h24 Rio de Janeiro Embed

Raquel Junia

Estudante do 7º período do curso de desenho industrial da Universidade Federal Fluminense, Weslie Lospennato, está trabalhando como voluntário na confecção de máscaras 3D e outros Equipamentos de Proteção Individual em uma mini fábrica montada durante essa pandemia do coronavírus no hall da Escola de Engenharia da UFF, em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro.

 

Escoteira há 20 anos, a pedagoga Aline Conde já desenvolvia ações voluntárias antes da Covid-19 se espalhar pelo mundo. Morando fora da capital e com uma  filha pequena, foi uma fake news que recebeu sobre saque de supermercados que acendeu o sinal de alerta para começar a desenvolver um trabalho de arrecadação de alimentos e materiais de higiene antes que a necessidade das famílias virasse desespero.

 

Assim como Weslie e Aline muita gente tem tentado contribuir de acordo com suas possibilidades para que o peso do coronavírus seja um pouco mais leve.

 

Em vários condomínios, pessoas mais jovens criaram uma rede de ajuda aos vizinhos idosos e de cuidados de higiene das áreas comuns. Para Aline, a razão em ajudar está também em como queremos que o Rio  de Janeiro esteja quando a pandemia passar.

 

Weslie aponta que, apesar da tensão do momento, o trabalho tem sido gratificante.

 

E para dar conta dos pedidos de máscaras e outros insumos de proteção para profissionais de saúde, a UFF pede também a ajuda de mais voluntários para os trabalhos de impressão, corte, costura e transporte dos materiais.

 

A inscrição pode ser feita por meio de um formulário disponível no site uff.br/coronavirus. Para quem ainda não sabe como começar a ajudar há diversos portais e páginas nas redes sociais que informam demandas de pessoas e instituições, além de dicas sobre como ajudar neste momento.

 

Uma delas é o portal voluntários.com.br.

 

A Central Única das Favelas, a CUFA, que já desenvolve diversas ações com voluntários, também está organizando uma rede de auxílio para os moradores das áreas carentes cariocas. A organização está com uma vaquinha aberta para auxiliar mães que moram nas comunidades. Mais informações no site cufa.org.br.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique