agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Amapá prorroga lockdown; no Maranhão isolamento rígido evitou 20 mil novos casos

02:33 Geral, Notícias 29/05/2020 - 12h56 Brasília Embed

Maíra Heinen

O lockdown no Amapá foi prorrogado até o dia 2 de junho. O governador Waldez Góes justificou o acréscimo de cinco dias no bloqueio mais restrito para reforçar as medidas de combate ao coronavírus.

 

Segundo o governo, as medidas levam em conta recomendações científicas e foram anunciadas após diversas reuniões com prefeitos, empresários e órgãos de controle.

 

A equipe científica que tem respaldado as decisões do governo aponta que é necessário fechar o ciclo de 15 dias de isolamento mais rígido para não retroceder nos avanços.

 

De acordo com estudos de projeção feitos pelo comitê científico do Centro de Operações de Emergência em Saúde Pública, o lockdown no Amapá evitou cerca de 11 mil casos de Covid-19.

 

No estado do Maranhão, duas semanas após o cumprimento da medida mais restritiva para o combate ao novo coronavírus, a Secretaria de Saúde avalia que, a maior parte dos novos casos positivos de Covid-19 estão fora dos quatro municípios da Ilha de São Luís.

 

Uma pesquisa realizada pelo professor e pesquisador do Departamento de Engenharia Elétrica da Universidade Federal do Maranhão, Allan Kardec, mostra que sem o bloqueio total das atividades não essenciais, logo no início de junho, o número de casos de Covid-19 poderia explodir e passar da casa dos 30.000 na região metropolitana.

 

Atualmente, o número de casos confirmados está em cerca de 10 mil.

 

Allan Kardec também aponta um fato diferente no cenário de óbitos em São Luís, se comparado ao resto do mundo.

 

Segundo o professor, o lockdown salvou vidas.

 

Com 95% de grau de confiabilidade, os gráficos elaborados pelo professor Kardec apontam uma tendência de achatamento no número de casos e, principalmente, de óbitos na Grande Ilha após o lockdown.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique