agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Dia do Orgulho LGBTI nas rede sociais mantém distanciamento

02:44 Geral, Notícias 28/06/2020 - 15h09 Rio de Janeiro Embed

Tatiana Alves

A celebração do Dia do Orgulho LGBTI já está nas redes sociais para manter o distanciamento social em meio à pandemia da Covid-19. No Brasil, mais de 30 associações e entidades que reivindicam o respeito à diversidade sexual e de gênero promovem o Festival de Cultura e Parada Online do Orgulho LGBTI Brasil, que já pode ser acompanhado nas redes sociais, mais de 50 anos depois que a Revolta de Stonewall tomou ruas de Nova York pedindo o fim da violência policial contra LGBTIs, lésbicas, gays, bissexuais, transexuais, travestis e intersexuais.

 

As 10 horas de programação, contam com apresentações de artistas, depoimentos de pessoas LGBTI e mensagens de apoio de personalidades como o ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal. A solução virtual para celebrar a liberdade e as conquistas das pessoas LGBTI sem propagar o novo coronavírus foi adotada em algumas das principais paradas do mundo.

 

Em São Francisco, nos Estados Unidos, o festival San Francisco Pride comemora seus 50 anos também pela internet, com apresentações transmitidas ao longo de todo o fim de semana. A parada contará com artistas LGBTIs históricos, como Jane Di Castro, Lorna Washington e Suzy Brasil. A programação também terá diversidade regional, com atrações como o Boi Garantido do Festival Folclórico de Parintins.

 

O  mês de junho é  marcado também pelo um ano da criminalização da LGBTIfobia, equiparada ao crime de racismo pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em 13 de junho de 2019.

 

Apesar da criminalização, militantes dos movimentos afirmam que a população LGBTI enfrenta com frequência dificuldades para fazer valer o que decidiu o STF. Os problemas vão desde interpretações divergentes em tribunais de primeira instância até a falta de atualização nos sistemas de informática de delegacias de polícia para que o crime seja registrado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique