agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Novo ciclone atinge região Sul; com menos estragos, fenômeno deve chegar ao oceano nesta 4ª feira

02:58 Geral, Notícias 08/07/2020 - 16h00 Brasília Embed

Dayana Vítor

Um novo ciclone atingiu a região sul do Brasil na noite dessa terça (7) até a manhã desta quarta-feira (8), com ventos que chegaram a 80 quilômetros por hora na serra catarinense e mais de 60 quilômetros por hora em algumas cidades dos Rio Grande do Sul. Em poucas horas, choveu 200 milímetros em alguns municípios gaúchos.Volume maior que o previsto para todo o mês. O meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia, Francisco de Assis, detalha.

 

Mas apesar da intensidade do último ciclone, os estragados provocados pelas cidades onde passou, foram menores que o do primeiro, no dia 30 de junho. Naquela ocasião, dez pessoas e 10 mil ficaram desabrigadas em Santa Catarina. Agora, apesar de o estado catarinense ter enfrentando chuvas de 120 milímetros e ventos fortes nas últimas horas, não houve vítimas e nem deslizamentos de terras, como previa a Defesa Civil estadual.

 

Mas os moradores do estado continuam atentos para qualquer efeito adverso,como relata Jeferson Correia que reside em Joinville.

 

Já no Rio Grande do Sul, a situação durante o ciclone foi mais grave. Lá, uma moradora de Caxias do Sul morreu, depois que duas pedras se desprenderam de uma encosta e caíram sobre sua casa. Além disso, quase 500 pessoas foram atingidas pela tempestade, sendo que 300 ficaram desabrigadas.

 

A moradora de Porto Alegre, capital gaúcha, Laura Pinto, conta o que ela percebeu durante a tempestade.

 

A previsão é que o atual ciclone chegue ao oceano ainda nesta quarta-feira (8), fazendo com que as tempestades de ventos fortes deixem de ocorrer nos próximos dias. As próximas chuvas na região sul devem voltar apenas no sábado.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique