Justiça proíbe uso de dinheiro público em rodeio no município de Itiquira (MT)

00:00 Justiça, Notícias 11/03/2020 - 14h30 Brasília Embed

Pedro Nascimento

A Justiça proibiu a prefeitura de Itiquira, a 359 km de Cuiabá, de destinar recursos públicos para custear as festas de peão de Itiquira e de Ouro Branco do Sul.

 

A decisão é do juiz Rafael Siman Carvalho, e a denúncia foi feita pelo Ministério Público Estadual.

 

Conforme a decisão, o município não pode repassar verba pública até que comprove excelência na prestação dos serviços públicos municipais.

 

*estagiário com supervisão de Priscila Mazenotti

 

Consta na ação que, apenas em 2019, o município de Itiquira destinou para a realização da Festa do Peão na cidade e no distrito de Ouro Branco do Sul o montante de 877 mil reais, custeando gastos com segurança privada, tendas, camarote, palco, eletricista, material elétrico, veterinário, publicidade, infraestrutura para os shows e apresentações artísticas.

 

No mesmo período, segundo o promotor de Justiça Cláudio Angelo Correa Gonzaga, o gasto com a educação infantil totalizou 89 mil reais.

 

Segundo o promotor, a Justiça não proibiu a realização da festa, que pode ser realizada, porém com recursos da iniciativa privada, como já acontece na maioria das cidades brasileiras.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique