agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Operação em cinco estados combate tráfico internacional de animais silvestres

02:00 Meio Ambiente, Notícias 30/07/2020 - 16h55 Rio de Janeiro Embed

Fabiana Sampaio

A  Polícia Federal realizou nesta quinta-feira (30), no Amapá, a terceira fase da Operação Marraquexe, para desarticular organização criminosa voltada para o tráfico internacional de animais silvestres, exóticos e em extinção.

 

Os agentes cumprem  três mandados de prisão preventiva e dois de temporária na capital, Macapá, e no Rio de Janeiro e em São Paulo. Também há equipes em Campo Grande, no Mato Grosso;  na cidade de Castelo, no Espírito Santo, e em  Lavrinhas e Pindamonhangaba, no interior paulista, cumprindo dez mandados de busca e apreensão.

 

Um dos alvos da ação foi preso em flagrante pela Polícia Ambiental na noite de ontem, em Pindamonhangaba, por manter animais silvestres sem autorização. Na sua residência os agentes encontraram cobras de diversas espécies, tartarugas, lagartos, aranhas, lacraias e escorpiões. Todos os animais já foram encaminhados para unidades ambientais.



Deflagrada em maio de 2018,  a Operação Marraquexe identificou um homem que vendia répteis de espécies variadas, algumas oriundas da Venezuela e Índia, que estão na lista da Convenção de Washington sobre o Comércio Internacional das Espécies da Flora e da Fauna Selvagens em Perigo de Extinção.



A investigação apontou que um morador de Macapá comandava a rede de tráfico internacional de animais exóticos, notadamente répteis, em conjunto com comparsas de estados do Sudeste e Centro-Oeste do Brasil. A comercialização acontecia através de grupos formados em redes sociais, com a participação de integrantes estrangeiros.


Segundo a Polícia Federal, os investigados poderão responder pelos crimes de organização criminosa, tráfico internacional de animais e receptação qualificada, que somam penas de até 18 anos de reclusão, além de multa.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique