agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Políticos de diversas tendências criticam tiros contra caravana de Lula

02:39 Política, Notícias 28/03/2018 - 13h16 Brasília Embed

Samanta do Carmo

Um inquérito foi aberto pela Polícia Civil do Paraná para apurar o ataque a tiros contra a caravana do ex-presidente Lula.


A Secretaria de Segurança Pública do Estado informou que duas equipes do Centro de Operações Policiais Especiais e uma unidade de elite da polícia estão na cidade de Laranjeiras do Sul para ajudar nas investigações.


O ônibus atingido por tiros, nessa terça-feira (27) fazia o transporte de jornalistas que acompanham a agenda de viagens do ex-presidente. Leonardo Fernandes, do jornal Brasil de Fato, relatou a situação em uma gravação de áudio


A Secretaria de Segurança Pública do Paraná chegou a dizer que Lula não estava no local, o que foi desmentido pelo PT.


Este não é o primeiro episódio de violência envolvendo a caravana de Lula. Foram registrados ataques com ovos, pedras, paus e até mesmo um chicote, além de agressão física contra militantes, em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.


O PT já tinha informado os casos e pedido providências para o Ministério da Segurança Pública, antes do ataque a tiros.


A assessoria de imprensa do ministério afirma que a Polícia Federal tem escoltado a caravana e que o ministro Raul Jungmann pediu atenção redobrada às secretarias de segurança estaduais.


O caso repercutiu no meio político. O presidente nacional do PSDB, Geraldo Alckmin, chegou a afirmar durante conversa com a imprensa, na noite dessa terça, que o PT estaria colhendo o que plantou, por estimular a divisão do país.


Na manhã desta quarta-feira (28), em sua página no Twitter, o governador de São Paulo postou que “toda forma de violência tem que ser condenada. É papel das autoridades apurar e punir os tiros contra a caravana”.


O PSOL divulgou nota destacando que apesar das diferenças políticas o partido é veementemente contrário aos atos hostis e agressivos ocorridos e considera o caso uma agressão à democracia.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique