José Dirceu está preso no Complexo da Papuda em Brasília

01:33 Política, Notícias 18/05/2018 - 17h50 Brasília Embed

Victor Ribeiro

O ex-ministro José Dirceu, do PT, chegou ao bloco cinco do Centro de Detenção Provisória, no Presídio da Papuda, às 14h40 dessa sexta-feira. A penitenciária fica a 30 quilômetros do centro de Brasília.

 

Dirceu foi preso depois de encerrados os recursos que o ex-ministro poderia apresentar ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre. É a segunda instância da Justiça Federal, que condenou José Dirceu a 30 anos e 9 meses de prisão, pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e participação em organização criminosa, no âmbito da Operação Lava Jato.

 

A ordem de prisão saiu nessa quinta-feira e determinou que o político se entregasse até o fim da tarde dessa sexta. A expectativa era de que o ex-ministro se apresentasse na Superintendência da Polícia Federal em Brasília. Por isso, desde o fim da manhã, militantes foram para a entrada do prédio prestar solidariedade a José Dirceu. Muitos jornalistas também estiveram lá.

 

Antes de ir para a Papuda, Dirceu foi ao Instituto Médico-Legal, para fazer o exame de corpo de delito e tirar a tornozeleira eletrônica que usava desde que conseguiu um habeas corpus, em maio do ano passado.

 

José Dirceu é um dos principais quadros do PT e, de acordo com a Subsecretaria do Sistema Penitenciário do Distrito Federal, está no mesmo bloco onde cumprem prisão ex-policiais, idosos, políticos, e presos com diploma de ensino superior. A cela, de 30 metros quadrados, é coletiva, com camas beliche, chuveiro e vaso sanitário.

 

Dirceu terá direito a duas horas de banho de sol e a quatro refeições por dia: café da manhã, almoço, janta e lanche noturno.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique