agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Polícia apreende pendrive e documentos nas celas de Geddel e de Luiz Estevão na Papuda

02:51 Política, Notícias 18/06/2018 - 07h29 Brasília Embed

Graziele Bezerra

A Polícia Civil do Distrito Federal fez uma operação de busca e apreensão na cela onde está preso o ex-senador Luiz Estevão no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

 

A polícia chegou ao local para investigar denúncias de que presos estariam ameaçando juízes e delegados. O caso não foi confirmado, mas os policiais saíram de lá com chocolates,  pendrives, documentos e até uma tesoura.

 

O material foi retirado da cela que o ex senador Luiz Estevão divide com o ex-ministro José Dirceu. O delegado Thiago Boeing explica que, ao ser abordado, o ex-senador ainda tentou despistar.

 

* Matéria atualizada às 15h45 para acréscimo de informações e inclusão de sonoras.

 

Os policiais também encontraram vários documentos ligados a Luiz Estêvão na biblioteca do presídio, que, de acordo com o delegado, parecia mais com um escritório pessoal.

 

A polícia também quer saber porque Luiz Estêvão divide a cela apenas com um detento, enquanto a média é de 7 presos por  compartimento.

 

Há tempos, o  político está na mira dos investigadores que já se debruçam sobre um inquérito que apura a reforma irregular do bloco onde ele está detido.

 


Luiz Estêvão foi condenado em 2006 a 31 anos de prisão por crimes cometidos no desvio de verbas na obra Fórum Trabalhista de São Paulo, mas só foi preso 10 anos depois, em 18 de novembro de 2016.

 

Os policias também fizeram buscas na cela do ex-deputado Geddel Vieira Lima, onde encontraram documentos que passaram por perícia. 

 

Gedeel está preso desde 8 de setembro de 2017, acusado de embaraçar as investigações das Operações Cui Bono e Sépsis da Polícia Federal, que apuram desvios na Caixa Econômica Federal.

 

Nós não conseguimos contato com a defesa dos políticos. E Subsecretaria do Sistema Penitenciário vai abrir sindicância para apurar envolvimento de servidores, visitantes ou advogados na entrada de objetos proibidos no presídio.

 

 

 

 

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique