agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Militares embarcam no Rio de Janeiro rumo à Roraima para integrar Operação Acolhida

02:04 Política, Notícias 19/11/2019 - 11h22 Rio de Janeiro Embed

Cynthia Cruz

Aproximadamente 70 militares da área do Comando Militar do Leste embarcam do Rio de Janeiro para Roraima nesta quarta-feira (20), para contribuir com a Força-Tarefa Logística Humanitária da Operação Acolhida.

 

Este é o primeiro grupo de oito que serão transportados pela Força Aérea Brasileira para formar o Sétimo Contingente da Operação no Norte do país.

 

Os cerca de 600 integrantes do Exército passaram por duas semanas intensivas de preparação para atuarem na operação humanitária que acolhe e interioriza refugiados venezuelanos na área de fronteira do estado de Roraima e na cidade de Manaus.

 

Esse processo de interiorização permite que essas pessoas possam viver em outros estados brasileiros, com o apoio do governo federal. 

 

Os integrantes do Exército irão atuar em conjunto com militares da Marinha e da Força Aérea Brasileira, com integrantes de Ministérios do Governo Federal, do ACNUR - Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados , de Organizações Não Governamentais, além de agências civis, secretarias estaduais e municipais, entre outros, sob coordenação do Ministério da Defesa.

 

A Operação Acolhida começou no dia 21 de março de 2018, nas cidades de Boa Vista e Pacaraima, fronteira com a Venezuela, com o objetivo de receber imigrantes em situação de vulnerabilidade, provocada pela crise humanitária, naquele país. Até o momento, foram acolhidos mais de 14 mil refugiados em abrigos.

 

Só na capital de Roraima foram instalados 11 abrigos com capacidade para seis mil pessoas.

 

Recentemente, Manaus também recebeu um posto de triagem para facilitar a interiorização dos refugiados para outras cidades brasileiras.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique