agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Bolsonaro diz que pode editar decreto para reativar atividades econômicas em todo o país

03:14 Política, Notícias 03/04/2020 - 11h58 Brasília Embed

Dayana Vítor

O governo federal poderá editar um decreto para reativar as atividades econômicas essenciais no país caso os estados não retomem, de forma gradual, a abertura desse setor da economia.

 

A afirmação foi feita nessa quinta-feira (2) pelo do presidente Jair Bolsonaro durante entrevista a uma emissora de rádio paulista, transmitida ao vivo em uma live do próprio presidente nas redes sociais.

 

O chefe do Executivo justificou, com números, porque defende o isolamento apenas vertical, de idosos e doentes crônicos.

 

Segundo Bolsonaro, 90% das mortes decorrentes da Covid-19 no Brasil são de pessoas acima de 60 anos.

 

Outro dado apresentado pelo presidente indica que os 3,3% dos contaminados pelo novo coronavírus entre 30 a 39, e que morreram, tinham doenças pré-existentes.

 

Como exemplo de recuperação da Covid-19, ele utilizou os membros do governo que estiveram com ele na viagem aos Estados Unidos, em março deste ano.

 

Bolsonaro ainda lembrou que o governo vai investir R$ 600 bilhões para reverter a crise gerada do pandemia da Covid-19. Ele citou as quatro medidas provisórias assinadas nessa quinta-feira  para ajudar o Sistema Único de Saúde (SUS), os trabalhadores formais, informais, estados e municípios.

 

Durante a entrevista, o presidente argumentou que não quer o caos, que está abastecendo o Brasil para lidar com os casos mais graves da Covid-19. Citou, ainda, que cidades como Eldorado Paulista, onde ele nasceu, não deveriam fechar, já que não há nenhum caso da nova doença, pois leva lojas à falência. Bolsonaro afirmou que a quarentena poderá levar a consequências terríveis a médio prazo.

 

 

*Atualizada às 17h25 para correção de informações.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique