agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

Dobra o número de instituições certificadas por contratação de mão de obra do sistema prisional

01:57 Segurança, Notícias 11/07/2020 - 09h55 Brasília Embed

Ariane Póvoa

Trezentas e setenta e duas instituições e empresas de 17 estados e do Distrito Federal receberam este ano o Selo Resgata, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, pela contratação de quase 17 mil presos e egressos.

 

De acordo com a pasta, o 3º ciclo do Selo Resgata apresentou aumento de 232% no número de instituições certificadas, na comparação com o primeiro ciclo, em 2018.

 

A iniciativa, segundo o governo federal, visa a reconhecer empresas, órgãos públicos e empreendimentos de economia solidária que contratam mão de obra prisional.

 

Tânia Fogaça, diretora-geral do Depen, Departamento Penitenciário Nacional, destaca que o emprego oferecido às pessoas privadas de liberdade é um instrumento de responsabilidade social.

 

SONORA: "Uma das frentes de ação do Departamento Penitenciário Nacional e justamente o incentivo às políticas de trabalho pela pessoa presa pra que, no futuro, no término de sua pena, a pessoa possa ser rapidamente absorvida pelo mercado de trabalho a partir das suas capacidades laborativas. Todas essas organizações demonstram grande responsabilidade social ao contratar esse público, ainda bastante carente de acolhimento."

 

Ainda segundo Tânia Fogaça, a política de incentivo à contratação de mão de obra prisional deve ser mantida pelo Depen. Para ela, é importante resgatar a dignidade da pessoa privada de liberdade, uma vez que ser aceito no mercado de trabalh, propicia, também, melhor inserção no ambiente familiar.

 

Em 2018, ano em que o Selo foi instituído pelo Depen, 112 instituições públicas e privadas foram certificadas enquanto que, em 2019, foram 198.
 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique