agario unblocked agario - yohoho - agario - agario - slitherio

PF prende no Rio outro homem com imagens de violência sexual contra crianças e avalia mais crimes

02:47 Segurança, Notícias 09/07/2020 - 11h53 Rio de Janeiro Embed

Lígia Souto

Um homem de 65 anos foi preso em flagrante pela Polícia Federal, em Bangu, na zona oeste do Rio, por armazenar arquivos com imagens de violência sexual contra crianças. A prisão aconteceu durante o cumprimento de mandados de busca e apreensão expedidos pela 2ª Vara Federal Criminal. A pena para esse tipo de crime, previsto no Estatuto da Criança e do Adolescente, é de um a quatro anos de prisão.

 

Segundo a PF, o suspeito usava a deep web, também conhecida como internet invisível, ambiente onde criminosos se valem do anonimato para a prática de atividades ilegais, entre elas o compartilhamento de imagens de abuso e exploração sexual infantil.

 

As investigações, realizadas desde o início do ano pelo Grupo de Repressão aos Crimes Cibernéticos, constataram que o suspeito, além de armazenar, também disponibilizava e transmitia arquivos com esse tipo de imagens pela internet, em rede internacional.

 

Todo o material apreendido será periciado. De acordo com a delegada Paula Mary Reis de Albuquerque, responsável pelas investigações, o objetivo é verificar se o suspeito também praticava outros crimes, como a produção dos arquivos e estupro de vulnerável. A pena neste caso pode passar de 20 anos de prisão.

 

Ainda segundo a delegada, houve um aumento considerável no número de casos de abusos sexuais de crianças, tanto presencial quanto pela internet, durante o período de isolamento social necessário para conter a pandemia de covid-19.

 

A operação desta quinta-feira (9) acontece três dias após um homem, de 68 anos, ser preso em flagrante pela Polícia Federal, também na zona oeste, no bairro de Campo Grande, pelo menos crime. Com o suspeito, que morava em uma escola particular desativada, foram encontrados inúmeros arquivos de crianças sendo vítimas de violência.

 

 

* Reportagem foi ampliada para inclusão de sonoras da delegada da Polícia Federal. Com isso, o áudio foi substituído às 15h04 de hoje (9/7)

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique